terça-feira, 18 de agosto de 2009

I need you more than you know.


Às vezes, quando o assunto é expressar meus sentimentos, me sinto meio perdida, não sei por onde começar. Foi exatamente o que aconteceu agora. É exatamente o que acontece comigo todas as vezes que vou escrever algo pra ti, e sempre digo as mesmas coisas... É tudo tão repetitivo, tão maçante. Mas fazer o que?! Só tento colocar em palavras o quanto eu o amo, o quanto és importante pra mim, o quanto eu preciso de você! E espero conseguir te passar isso um dia, mesmo que seja com essas palavras já utilizadas a um ano atrás. Afinal, o que importa é o que eu sinto e também que você entenda (pelo menos um pouquinho) o que se passa dentro de mim, em relação a você, claro.
Tu chegaste e em pouquíssimo tempo (é, realmente pouquíssimo tempo, batestes um recorde, hahaha. Um dia!) conseguiu tomar um espaço gigante da minha vida, um espaço tão grande que, até então, ninguém tinha conseguido. Isso foi estranho pra mim, até porque não é todo dia que aparece uma pessoa que nos faz tão bem, hm? Confesso que fiquei boquiaberta com isso. Em tão pouco tempo me tornei extremamente ligada a ti... Acho que ninguém jamais vai fazer isso. Acho que ninguém mais vai me deixar tão feliz, quanto você me deixa, com um simples apelidinho carinhoso ou uma palavra qualquer.
Tens algo (que, sinceramente, não sei ao certo o que é) que o diferencia de qualquer outro ser humano, falo sério!
O teu jeitinho todo meigo, simpático, fofo, lindo, carinhoso (...) ainda me deixa boba, me perguntando como pode existir alguém tão surreal assim. E nunca encontro uma resposta. Nunca. Por isso digo que tu és um anjo. O meu anjo!
Depois de um (bom) tempo longe de ti posso afirmar (ok, eu sempre fiz isso, mas...) com toda a certeza existente – e além – que minha vida já não tem a menor graça sem você. As coisas estavam sem cor, tudo parecia sem vida... E agora? Bom, agora tudo ganhou cor, tudo ganhou vida novamente. As cores parecem mais vivas, mais bonitas, tudo é mais alegre ao meu redor. Os meus dias estão sendo ótimos, mesmo que – aparentemente – não tenha mudado nada. Mas, sabe o que é? Só de pensar que tenho você de volta meu coração bate mais forte, as memórias de tudo que já passamos me vêm à cabeça e, em seguida, uma sessão ininterrupta de sorrisos estampando meu rosto, e por aí vai.
Juro que nunca vi ninguém como você. Ninguém me faz tão feliz com ‘tão pouco’. E quando digo que o amo é a mais pura verdade, assim como quando digo que te quero ao meu lado até o fim.
Nunca mais vou deixá-lo. Não quero mais ver as coisas sem cor. Não quero mais ter a sensação de estar te perdendo mais e mais a cada dia, não sei se aguentaria isso de novo.
O que sinto por ti é inexplicável, inigualável e eterno, meu melhor amigo.
<V3


I think I was blind before I met you.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

"I'm glad I didn't die before I met you.
Now I don't care, I could go anywhere with you and I'd probably be happy."

Bright Eyes.