domingo, 21 de dezembro de 2008

And... If I fall in love again?

Você está saindo da minha vida aos poucos.. E de certa forma, estou bem feliz, pois, já não aguentava mais imaginar coisas que, no fundo, sabia que não iriam acontecer; me imaginar com uma pessoa que esquecia de mim, sempre; imaginar que você pensava em mim, mesmo que de vez em quando. Tudo ainda é muito recente, mas sinto que dessa vez, consegui lhe esquecer de verdade. Vendo inúmeras garotas correndo atrás de você, e sendo iludidas, como eu fui um dia... Senti pena. Muita pena delas! Espero que elas acordem, como eu acordei. Mas, que acordem rápido, e parem de sofrer por um cara que quer apenas se divertir e ter fama de pegador, pop, ou sei lá o que. A um tempo atrás, eu pensava em você. Apenas em você! Minha vida, se resumia na tua. Se você estivesse mal, eu ficava mal. Já não queria sair com meus amigos, queria ficar sozinha, apenas esperando você entrar no MSN. E para quê tudo aquilo, se sabia que não ia conversar comigo e que se eu quisesse saber como você estava, teria que correr, mais uma vez, atrás de ti? Burrice, apenas isso, nada mais! Na realidade, eu acho que você não merece nenhuma dessas garotas legais que ficam caidinhas por ti, é. Você as ilude, talvez as usa e logo em seguida, as joga fora. Minhas amigas já haviam me dito no início, que não ia dar certo e que eu tinha que lhe esquecer. Eu, como qualquer outra pessoa apaixonada, achava que estava certa, que tudo ia correr bem e que seria feliz. Ah... Se eu tivesse dado ouvido à elas antes, bem provável que não teria sofrido tanto, por um "amor platônico"? Que seja. Foi depois que eu vi quem você era de verdade: Um guri que agora ter as meninas aos seus pés, talvez pisar nelas, dar uma de 'príncipe encantado' e depois esquecê-las, como se não as conhecesse. E sabe o que eu acho disso tudo, agora que minha ficha caiu? Ridículo! E acho mais ridículo ainda, você ter a coragem (ou a cara-de-pau?) de ficar com todas as gurias que acha que tens chance de deixá-las aos teus pés, acho que deveria se colocar, por um instante, no lugar de alguma delas, para saber como é ruim, como é triste ser iludida, é! Mas, tudo bem, a tua hora ainda vai chegar... Você vai ver o quanto é bom, sofrer por amor.
Não me importo mais contigo. Com o que você faz ou deixa de fazer. Com quem você fica, ou deixa de ficar. Com quem sofre por ti, ou não (as sortudas, fato). Por onde você anda, ou deixa de andar. Quantas você está iludindo agora, quantas já iludiu, ou quantas deixou de iludir. O que você está fazendo agora, ou o que fez a uma hora atrás, ontem, ou qualquer outra coisa. Foda-se você! Eu simplesmente cansei de ser boba. O único problema que vai ficar e me torturar a partir de agora, é o medo de sofrer mais uma vez. O medo de ser enganada, iludida, jogada fora, esquecida. E... E se eu me apaixonar outra vez? Será que serei amada também? Eu espero que sim. Caso contrário, palmas para você! Conseguiu deixar uma marca imensa em mim!
Ah!, e antes que eu me esqueça: Obrigada por me fazer quem você realmente é, por me fazer acordar, ver que realmente não devo derramar uma lágrima por garoto nenhum e também, por ter me iludido, em seguida, me esquecido, como se eu fosse um... nada para você. Pois fique sabendo que isso só me deixou mais forte. (;

Bom, eu estava mesmo precisando criar um blog para desabafar.. Tenho certeza que vou me sentir bem melhor agora. Mais leve, digamos. Como disse anteriormente... E se eu me apaixonar novamente? O que vou fazer? Acho que encontrei outro amor platônico. Não sei, tomara que não, porque ele ama outra e eu, definitivamente, não quero mais sofrer.